De abóbora faz melão e de reunião a gente faz praia.


As vezes estar numa praia toda maquiada, com bijuterias e sem roupa de banho nem pode ser tão mal assim, na verdade pode ser ótimo.

O lance é que a gente - eu e Charles - tínhamos um compromisso em Igarassu ontem (no Sábado), que fica perto dessa belezinha ai chamada Praia de Itamaracá, Litoral Norte do meu Pernambuco, maaas a mesma foi cancelada. E aí, voltar pra casa?! De jeito nenhum...



Como minha câmera não sai da minha bolsa mesmo ai está o resultado da 'escapadinha'; e ainda almoçamos a melhor peixada que já comi em toda a minha vida - e olhe que não sou muito chegada a peixe - é só pra ter noção de como tudo foi bom, mesmo estando com a roupa errada, sapato errado e maquiagem incoerente. Maaas quando se tem a pessoa certa ao seu lado, tudo se torna coerentemente perfeito.


Todos os quiosques da orla ssão pintados com motivos característicos de Itamaracá, nesse caso o "Peixe-boi", lá tem um centro do IBAMA maravilhoso que cuida de dezenas deles, não é muito fofo?!

Estamos pensando em ir de novo lá no próximo fim de semana, a pena que é não dá pra visitar o Centro dos Peixe-bois porque o IBAMA está de greve. É, nem tudo é perfeito... Mas quase pra mim parece perfeito até demais :)


Em que estação do ano estamos no Brasil!?

Sinceramente não sei. Antigamente - e isso me faz lembrar de minha mãe falando da década de 40 - aqui nos nordeste brasileiro nós tínhamos 9 meses de sol bem definidos, 1 mês fresco e 2 meses de chuva pesada que eram sempre entre junho-julho. Mas e agora, em 2010?! Há dois dias atrás chovia como se o mundo fosse acabar, hoje fez um calor infernal e amanhã eu nem sei no que vai dar. Até plantinhas então loucas, florescem mas depois morrem com o excesso de água inesperada que caem do céu. Definitivamente nós agora temos uma estação por dia.

Enquanto isso a gente aproveita quando faz brisa e toma banho de bacia no jardim quando o calor está além dos 30ºC. Mas é claro que e única que recebe a regalia do banho de bacia no jardim com a torneira jorrando é Aline - e as plantinhas -, porque o excesso da água cai na canaleta e vai direto para as jardineiras. Coisas de uma casa aonde mora uma bióloga.


E é claro, a Aline não continua linda?!
E sinceramente eu quero filhos, dois logo de uma vez,
mas Charles acha que ainda não é a hora nem pra um,
quem dera dois!!! Désolé...


GAS-TRO-PLAS-TIA*


(*) Também chamada de Cirurgia Bariátrica, Cirurgia da Obesidade ou ainda de Cirurgia de redução do estomago, é, literalmente, a plástica do estômago (gastro = estômago, plastia = plástica). É uma cirurgia realizada em pessoas com o peso muito acima do ideal, os chamados obesos mórbidos.

Quando eu falei que iria operar um monte de gente foi contra, desde meu Pai a amigos. Na época eu tinha uns 25 anos, acho. E todo mundo achava que a minha obesidade era sem-vergonhice, que uma bela de uma dieta, remédios que deixam você muito doida, exercício até cair desidratada de tanto suar e, é claro, força de vontade, iriam resolver meu problema rapidamente.

Mas o fato é que essas pessoas eram todas leigas da MINHA VIDA. Leigas do meu organismo, leigas de mim. Quem disse que eu não vivia de dieta? Quem disse que eu não tentava fazer exercícios físicos? Mas para vc que pesa 50-60kg malhar é fácil, para mim que pesava mais de 110kg subir escadas era um martírio. E manter a boca mechada?! P... eu mantinha, ao meu modo, mas mantinha!!! Ou você acha que o gordo não engorda?! O gordo se comer de tudo o que ele quer e tem vontade ele engorda sim, e muito mais.

Mas enfim, me vi diabética aos 20, hipertensa aos 25, obesa mórbida aos 26 e com NASH* aos 27.
(*) Chamamos de doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA, ou NAFLD, do inglês "nonalcoholic fatty liver disease") o acúmulo de gordura no fígado (esteatose) não relacionada ao uso de álcool. A esteato-hepatite não-alcoólica (EHNA, ou NASH, do inglês "nonalcoholic steatohepatitis") é uma DHGNA onde a presença da esteatose está relacionada a uma inflamação no fígado (hepatite). Assim, a esteatose hepática ("fígado gorduroso") e a EHNA são apresentações diferentes da NAFLD, sendo que a primeira pode evoluir para a segunda. A cirrose de causa indefinida (criptogênica) onde observa-se esteatose, mas não há sinais de EHNA ativa, também está classificada como DHGNA.

Resolvi operar! A operação tinha lá seus riscos como todas outras, mas eu também corria risco de morte com todas as comorbidades que apresentava aos vinte e poucos anos de vida. Para quem vai operar, não pense que todo mundo vai concordar com vc, que todo mundo vai te apoiar de cara. Você tem que estudar sobre o assunto, tem que esclarecer todas as suas dúvidas, seus medos, saber os risco e estar ciente do que vai acontecer com vc daqui pra frente, porque tem gente – que ao contrário de mim – que opera e não consegue mais comer um chocolate por causa da Síndrome de Dumping*, como Charles – meu noivo, que também é operado - tem com alguns alimentos preparados assados e não cozidos. E quando você estiver segura(o), todos vão te apoiar e mimar, mas tudo tem que partir de você mesmo.
(*) A síndrome de dumping é uma resposta fisiológica devida à presença de grandes quantidades de alimentos sólidos ou líquidos na porção proximal do intestino delgado. A causa dessa síndrome é o rápido esvaziamento gástrico que pode se seguir à gastrectomia total ou subtotal, a manipulação pilórica, resultando em perda da regulação normal do esvaziamento gástrico e das respostas gastrointestinais e sistêmicas diante de uma refeição. Esse rápido esvaziamento gástrico pode refletir em liberação inapropriada de hormônios intestinais, que propiciam os sintomas gastrointestinais, como plenitude e distensão gástrica, dor abdominal, diarréia, sudorese, taquicardia, dentre outros. Esses sintomas podem aparecer rapidamente, dentro de 10 a 30 minutos após a refeição (precoce), ou cerca de duas a três horas depois (tardio). O rápido esvaziamento gástrico leva a maior oferta de carboidratos ao intestino delgado proximal, pois a glicose (forma simples do carboidrato) é rapidamente absorvida. Por isso, os pacientes predispostos devem ter alguns cuidados, como: reduzir o consumo de carboidratos na dieta; realizar pequenas refeições; evitar a ingestão de líquidos durante as refeições, dentre outros. A suplementação de fibras pode retardar a absorção de carboidratos e reduzir a carga glicêmica e, consequentemente, reduzir a resposta insulínica.

Mas quer saber, mesmo se eu tivesse dumping teria valido muito a pena. Vc sabe o que é viver sem espetar seus dedos todos os dias pra saber se sua glicose está alta e você pode ou não tomar um suco durante o almoço?! Você sabe o que é entalar numa catraca de ônibus?! Você sabe o que é chegar Natal, Ano Novo e rodar em todas as lojas durante meses algo que te caiba e nada cabe? Se você não sabe vc é uma pessoa abençoada, com saúde e magra, portanto se um dia vc encontrar um gordinho e ele disser:

“Poxa, estou pensando em fazer a cirurgia de redução de estômago...”

Se, esse seu amigo se encaixa no quadro para fazer a cirurgia que são segundo OMS:

● Pessoas com Índice de Massa Corpórea (IMC) igual ou superior a 40 Kg/m².
● Pessoas com Índice de Massa Corpórea (IMC) entre 35 e 40 Kg/m², que apresentem doenças associadas a obesidade como diabetes, hipetensão, apnéia do sono, dislipidemia e artropatias.

Dê força, estude com ele os risco, mas dê ao seu amigo, familiar, marido, ficante ou afins a chance de ter uma nova vida. Uma vida saudável. Dê a ele a chance de ter a vida que VOCÊ tem, porque ele não vive como vc, ele sobrevive; assim como eu apenas sobrevivia há um pouco mais de um ano atrás.

1° Encontrão Família Fotolog Recife 124


Antes. Eu era a da direita, é claro! E era comum de minha pessoa me esconder atrás de crianças, móveis, pessoas ou qualquer coisa que cobrisse ao menos metade do meu ser nas fotografias.


11 Meses de Gastroplastia


Hoje (na verdade essa foto é se uns meses atrás, meu corpo está mais firme agora). Sem plásticas, sem diabetes, sem hipertensão, seguindo a RA (reeducação alimentar), é claro, e começando a fazer exercícios, porque Deus é Pai mas preguiça é pecado e a gente tem mais é que se movimentar; e muito!


...e para vcs a 'nova' Fabíola Celcina Maia, vulgo Bí.
E aí, gostaram?!

É preciso se arriscar pelas coisas com as quais você se importa e quanto a mim, de nada me arrependo. Vivi a vida sem concessões... e agora avanço rumo as nuvens, às vezes nas sombras, mas sem me queixar. Acho que finalmente eu percebi que, o que você faz com a sua vida é realmente só a metade da equação, a outra metade, a metade mais importante na verdade é com quem você está enquanto está vivendo. E no meu caso é ele que faz total diferença...

Eis a questão:

EU QUERO CORTAR MEU CABELO!!!

Mas meu Pai é contra, meu noivo é contra tudo porque eles acham mais bonito cabelo grande, que é o símbolo da feminilidade da mulher, o que é explicável pela psicanalista Adriana Pessoa.

Porque os cabelos são tão importantes para as mulheres? Porque eles têm tanta influencia no cotidiano delas? A resposta esta lá atrás, na construção da feminilidade, que leva em conta, em grande parte, a questão da imagem.

Mais que um reflexo cultural, os cabelos atendem a uma condição psicológica. “Nós mulheres recorremos (e precisamos recorrer) a atributos para consolidar o processo de formação da feminilidade. É uma vestimenta na qual nos servimos para afirmar esse lado feminino”, explica a psicanalista Adriana Pessoa.

Quanto mais reforçados estão esses atributos, maiores as chances do “feminino” se consolidar. E isso pode ser visto na conquista, onde os cabelos longos, que deixam clara esta manifestação, têm peso grande.

“É por ai que entendemos a preferência do cabelo longo por parte dos homens”, diz Adriana.

Pensando assim, a vaidade é sim necessária e saudável. É claro que não excessivamente. Os cabelos são importantes também por sua capacidade de mutação. Ou seja, você não pode mudar a pele, por exemplo, mas pode pintar o cabelo a cada vez que quiser ou precisar. “O cabelo serve então para dar vazão aos desejos, à feminilidade e por isso é uma marca tão forte de cada mulher”, conclui Adriana. E eu quero cortar meu cabelo!!! Argh!!!

Credo, eu passei por uma gastroplastia tem pouco mais de um ano, meu cabelo caiu quase todo, está nascendo de novo (...) Os novos fios estão com cerca de 10cm e todo dia eu fica com a aquela jubinha de leão incompatível com o resto da cabeleira que só é domada por laquet. Eu quero um cabelo assim e eu acho - esse acho é que é de matar - que não vai ficar feio não. Olhem meu rosto na foto ao lado - nessa época meu cabelo ainda estava com o cabelo bonitinho e tals, mas agora tá muito estranho... Eu preciso mudar, eu quero mudar... O que vcs acham!?

PS.: meu aniversário é no dia 04 próximo, eu pedi pra Charles de presente lentes de contato cor de mel ou esverdeadas, algo que combine com minha cor morena. Como podem ver eu quero renascer (de novo) mesmo.


Sumi, né?! Mas enfim, a vida segue.

Bem, tentando resumir, tudo começou no Domingo Páscoa quando uma prima minha passou mal com dores abominais fortíssimas, mas como ela estava perto daqueles dias pensou que tudo não passava de cólicas menstruais. Na segunda ela piorou e na Terça-feira ela foi internada com suspeita de apendicite. Eu contando assim, em duas ou quatro linhas pra vcs não dá pra ter nem idéia do que foram esses momentos de angustia no hospital, mas enfim, vamos em frente...

No hospital que ela teve o primeiro atendimento eles não tinham cirurgião de plantão, então ela foi transferida de ambulância comigo para outro. Chegando lá no outro hospital o médico desconfiou que não fosse apenas apendicite e sim uma DIPA (doença inflamatória pélvica) que poderia ser desde um gravidez ectópica, apendicite aguda, infecção do trato urinário, litíase ureteral, torção de tumor cístico de ovário, torção de mioma uterino, rotura de cisto ovariano a uma endometriose. E como a dor já se alastrava por todo abdome e não só no lado direito, ao contrário de uma cirurgia de médio porte minha prima ganhou foi uma de grande porte via laparoscopia exploratória aberta que descobriu que na verdade ela tinha mesmo era endometriose(*).

(*) Doença na qual partes do endométrio, camada que se forma no útero para receber o óvulo fecundado, são expulsas durante a menstruação e se instalam em outros órgãos do corpo.

No caso da minha prima o sangue que - escrevendo a grosso modo - deu refluxo pelas trompas caindo na cavidade abdominal causou forte aderência dos ovários com o intestino. A endometriose pode dificultar futuras gestações e cerca de 40% das mulheres com o problema são inférteis, minha prima está com quase 60% de chance de estar estéril aos 22 anos sem nunca ter engravidado. Pense na bronca...

No primeiro dia ela ficou na UTI e quando teve alta veio praqui pra casa para que eu pudesse tomar conta dela. Ela sentia muita, mas muita dor mesmo. Hoje em dia é que está melhor, mas não pode se levantar da cama sozinha, se abaixar, fazer esforço, ainda sente muita tontura porque perdeu muito sangue, mas Graças a Deus ela renasceu nessa Páscoa, apesar de todo susto. E a gora eu tenho uma bebezão pra dar banho banho, pôr na cama e tudo mais... Tadinha dela, tá tão magrinha... Mas está melhorando cada dia mais!

E pra completar eu fiquei em computador. Sem notebook, sem desktop, nem nada!!! Ilhada... Todos dois foram para assistência, pois ainda estão na garantia e o desktop voltou hoje. Aos poucos eu vou colocando tudo em dia, na medida do possível do meu tempo livre, ok?!

Não se esqueçam de mim porque não me esqueci de vcs nem um segundo. Espero voltar em breve com muitas, muitas fotos e novidades. Amor, Bí!!!


Em francês é JOYEUSES PÂQUES, como bem já tinha me ensinado Tio Robson & Familia e meus adorados Madeiras. Em tcheco VESELE VANOCE. Já em alemão - e eu tenho algumas queridas amigas blogueiras¹²³ (olhem bem para esse "¹²³" em sub-escrito logo atrás, cada uma representa uma querida que admiro muito e que moram por essas terras - aonde se diz assim: SCHÖNE OSTERN!!! Em espanhol é doce falar, basta entortar a língua um cadinho e lá sai um FELICES PASCUAS. Em italiano só vale se vc falar alto e der um abraço dizendo "BUONA PASQUA". Em macedônio é SREKEN VELIGDEN. Para uma grande parte da minha família "The Charlands" e os "Da Silva"; além dos amigos que moram pras bandas do Tio San - como a Nara, a Yara, a Valeria & o Kevin e a Fabi - lá vai um HAPPY EASTER que acho que fica entendível para a Jackie também, que mora láááá na Austrália. Já na língua do filme que meu Pai A-D-O-R-A, "Zorba, o grego" é KALO PASKA! Em holandês em homenagem a minha braso-franco-holandesa Clara e meus doces Amy, Mary & Guga lá vai um GELUKKIG PAASFEST e, para todo o restante do meu coração que bate fora de mim, que são cada um de vcs que visitam esse cantinho por gostar um cadinho dele, e de quebra de mim, uma MARAVILHOSA PÁSCOA.

Neste dia de Páscoa, gostaria de desejar a todos vcs muita paz e harmonia. Que vocês tenham um reencontro consigo mesmo e que as portas que Ele já abriu conduzam realmente a um caminho de muita luz, renovação e libertação.


"Ninguém tem maior amor do que aquele que dá sua vida pelos que ama"
(Jo 15, 13)- disse Jesus. E Ele assim fez.


Páscoa é tempo de Amor, de família e de Paz... É tempo de agradecermos discretamente por tudo que temos e por tudo que teremos. Páscoa é um sentimento nos nossos corações de esperança e fé e confiança. É dia de milagres; é dia dos nossos sonhos parecerem estar mais perto, tempo de retrospecção por tudo que tem sido e uma antecipação de tudo que será. E é hora de lembrar com amor e apreciação as pessoas em nossas vidas que fazem diferença...

Pessoas como você, pode ter certeza!!!
FELIZ PÁSCOA AMIGOS!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...