11 meses de operada, 45kg OFF

peguei aquela briga agora há pouco com charles pelo telefone. eu sou uma mulher pouco ciumenta - a não ser em caso extremos -, mas no geral, charles pode sair com os amigos dele a hora que quiser, ainda mais se eles são amigos de longe. tem uns quinze dias que charles tem saido com uns amigos dele de rio branco (acre) que vieram passar uns dias aqui em recife. um dia foi pra curtir os amigos e ele passou o dia todo, ok. outro dia foi pra pegar a mala dele - os amigos deles trouxeram umas coisas pra ele - e ele chegou as 20hrs da noite. no fim de semana foram para sé em olinda, nem sei que horas chegou porque eu dormi antes. fora os outros dias que ele vai pra casa da minha sogra e volta todo bronzeado, eu não estou indo por causa do dedo do pé quebrado ... mas hoje? ah, hoje foi diferente! o menino saiu de casa antes das sete da manhã, acredito eu, nem vi a hora, ainda estava dormindo. ele me deu beijinho, disse que iria buscar o amigo no aeroporto e que no fim da tarde voltava - eu me lembro perfeitamente dessa parte.

por fim, nem no celular eu ligo pra ele, a não ser em casos extremos. pela manhã ele mesmo me ligou, foi logo dizendo que tinha comprado caranguejo pra mim - senti que ele estava fazendo coisas que iria me irritar de imediato - dai, ele emendou logo que estava na praia, com o amigo dele (lá na minha sogra, sabe?) e que o cara estava fascinado pelo mar. tudo bem, entendi!

mas deu umas 16hrs aqui e nada de charles. liguei, né? ele disse que estava almoçando... hã?! dai eu falei: "queres matar teu amigo de fome é?! uma hora dessa almoçando?", ele respondeu que o cara lá estava amando a praia e blá, blá, blá. dai eu perguntei: "sim, mas de que horas vc chega?". e o tempo fechou!

ele disse que não sabia, que não podia expulsar o cara da casa dele - porquê nessas horas a casa dos meus sogros viram a casa dele, no resntante do tempo a casa dele é aqui - e eu disse a ele que de forma alguma estava mandando ele fazer aquilo, mas que simplesmente ele quando pegou o amigo dele deveria ter dito: "olhe fulano, só não posso chegar em casa muiiito tarde, vc sabe eu moro com minha noiva e tudo mais", o carinha é óbvio entenderia, afinal ele é casado também e sabe como é mulher. nisso charles continuou a bater na mesma tecla, que não tinha o que fazer com o homem. eu disse a ele que todos esses dias ele saiu e eu não fiz o menor problema, mas que eu estava em casa, sozinha, sem fazer nada e que ao menos merecia saber se tenho que fazer jantar ou não. ele começou a falar mais alto do lado de lá da linha - típico dele quando está sem razão - e dessa vez eu não recuei, dai surgiu a confusão.

porque os homens, muitas vezes, a gente tem que fazer de cega do tipo de ter pego uma briga daquelas, mas quando é no outro dia simplesmente esquecer, mas essa eu não esqueço, especialmente pela 'pose' dele de caráter ferido. quando eu falei que ele já tinha saído muito ele veio me jogar na cara que quando minha irmã (amiga, mas é como irmã mesmo) que mora na frança, que não via há anos veio pra cá eu dormia na casa dela. e eu respondi pra ele: "dormia mesmo, uma noite por semana e olhe lá, mas em todas as vezes vc sabia aonde eu estava e sabia há que horas eu ia voltar. eu não estou sentida porque vc está com seu amigo não charles, estou com raiva porque vc não quer dizer que horas vem. vc tem compromisso comigo antes de mais nada, assim como eu tenho com vc. quando eu dizia que ia chegar as 11hrs da manhã, as 10hr30 eu já estava em casa, não era mesmo?!" dai ele falou de novo que não tinha o que fazer e perguntou o que queria que eu fizesse. eu respondi que não queria que ele fizesse nada, ele já deveria ter feito. ter avisado ao amigo dele que a noite, se possível, estaria em casa, afinal ele era noivo, mas a minha função era de esposa ou mais, ele tinha responsabilidades, direitos e deveres, como eu.

enfim, desligamos o telefone nesse pé. depois ele liga de novo: "tá com raiva não, né?" eu respondi que era claaro que estava! ele exaltou a voz de novo e eu fui clara que, dessa vez, ele poderia espernear o quanto quisesse, a razão estava comigo - ele tá ligando de novo nesse momento -. ok voltei. dessa vez ele ligou pra dizer que estava saindo da casa da mãe logo mais, que depois iria no shopping comprar um livro pra um amigo dele de rio branco, e depois iria deixar o amigo dele numa pousada e depois viria pra casa. dai ele perguntou: "olha ai pra mim o telefone da pousada da rosa e silva, por favor". no inicio disse que não ia procurar. ele usou o "sinceramente guria" irritante dele que quer dizer: "ai também já é demais". por fim, eu estava aqui na internet mesmo, procurei no google e passei o numero seguido de um tchau e bati o telefone.

perai meninas, eu não sou neurótica nem nada. mas ele vai chegar aqui com a cara mais inocente do mundo. eu não tô errada não, tô? ao menos não toda errada. no meio de uma das 1613168 ligações que ele me fez teve a audácia de dizer que iria chegar as 23hrs. isso, eu notei de cara, que é uma brincadeira (de mal gosto) que ele faz, tipo até as 23hrs ele chega. eu respondi a ele que não era palhaça e que nem estava de brincadeira, que se fosse pra chegar as 23hrs ele dormisse aonde quisesse, mas que a porta daqui que casa eu não abrir nem pra ele nem pra ninguém numa hora dessas. e tenho dito, não abro! por fim, o bafafa foi esse, eu sei que roupa suja se lava em casa, mas vcs vão conseguir colocar amaciante em mim que eu sei. marido é bom, mas tem hora que enche o saco!!!

bem, deixo com vcs umas fotos minhas que tirei hoje. o fundo branco era pra encobrir a bagunça do meu quarto, no mas efeito nenhum. estou com 11 meses de operada, 45kg OFF (sendo 1kg perdido essa semana) e pesando 62kg distribuídos para 1m72. tá bom, pra mim tá ótimo!



0 comentários:



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...