O dom da música.

O que eu mais gosto quando todo uma música em meu teclado é que eu me vejo sem 'um' rosto. Eu não sou a Fabíola, a Bibi, a Bia ou a Bí... eu sou dedos, dedos longos, ágeis, sou barulho que se faz gritar sou o silêncio de um compasso que faço você arrepiar. 

Eu não me sinto gorda nem magra, me sinto fluida, perfeita dentro do mundo, me sinto dedilhar do agudo ao grave, me deixo percorrer do clássico ao havy metal. 

 O que eu mais gosto quando toco é a reação que posso causar sem dizer uma palavra que seja, mas digo todas elas em uma só nota. Te faço viajar, te faço rever memórias, ter novas para recordar, eu sou você. Eu possuo o drama, eu te dou um sorriso, eu sinto uma lágrima gotejar. 

 De todos os dons que Deus podia me de dar, esse é um dos mais bonitos, com ele eu não tenho 'um' rosto; tenho todos!


1 comentários:



De_terminada disse...

Olá bom dia!
Vim retribuir a visita que fez ao meu blog, mas não conseguir encontrar o seu que descreveu lá no meu comentario...
Se puder deixar o link lá pra mim, quero muito te seguir também.
Bjokas

http://elomaterno.blogspot.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...