Uma pessoa pode aprender muito com um cão, mesmo com um cão maluco como o nosso”... Marley me ensinou a viver cada dia com alegria e exuberância desenfreadas, aproveitar cada momento e seguir o que diz o coração. Ele me ensinou a apreciar coisas simples – um passeio pelo bosque, uma neve recém caída, uma soneca sob o sol de inverno. E enquanto envelhecia e adoecia, ensinou-me a manter o otimismo diante da adversidade. Principalmente, ele me ensinou sobre a amizade e o altruísmo e, acima de tudo, sobre lealdade incondicional.”... Marley como mentor. Como professor e exemplo. Seria possível que um cachorro – qualquer cachorro, mas principalmente um absolutamente incontrolável e maluco como o nosso – pudesse mostrar aos seres humanos o que realmente importava na vida? Eu acreditava que sim. Lealdade. Coragem. Devoção. Simplicidade. Alegria. E também as coisas que não tinham importância.

Um cão não precisa de carros modernos, palacetes ou roupas de grife. Símbolos de status não significam nada para ele. Um pedaço de madeira encontrado na praia serve. Um cão não julga os outros pela cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Um cão não se importa se vc é rico ou pobre, educado ou analfabeto, inteligente ou burro. Se vc lhe der seu coração, ele lhe dará o dele. É realmente muito simples, mas, mesmo assim, nós humanos, tão sábios e sofisticados, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não.

Trecho do Livro Marley e Eu - John Grogan
um pequena homenagem aos nossos amados seres humamos de quatro patinhas de coração de ouro.

So Sweet (L)upita
So Sweet (L)upita

Pastor Alemão
A mais bela amiga de todas, Barbie, que faleceu há dois anos.

Ninguém pode se queixar da falta de um amigo podendo ter um cão
Sim, essa sou EU (antes da Gastroplastia) e Barbie!

Minha famíia é multi-racial
Minha família é multi-racial, meu Pai e Lupita.

Mãe de 9 (L)
O nascimento dos 9 malinhas!

Os 9 malinhas!
Os nove malinhas, foi a última ninhada de Barbie.


Churrasco em Família
Churrasco em Família: Rex e eu recém operada :)

Da série: Displasia Coxo Femoral de Lupita
Lupita tirando os pontos da única cirurgia de sua vida e Papai dando aquela a força :)

Os 9 malinhas!
Dengosa e suja que só ela, Naja!


Domingo é dia de praia e frescobol!
Domingo é dia de praia pra todo mundo aqui!


Domingo é dia de praia e frescobol!
As vezes até jogar frescobol eles querem!

Churrasco em Família
Rex, o lutador, e eu!

Barbie & Eu
Tanto amor que quando ela (Barbie) se foi, uma parte considerável de mim foi também.

~ Lupitα prontinhα pαrα o Reveillon 2011 ~
Lupita pronta para o Reveillon 2011!

Nós agradecemos a preferência de vocês queridos companheiros de vida!

1 comentários:



Maya disse...

Ai que post mais lindo!!!
Eu amo cachorros!! Lá na casa da minha mãe a gente já teve 3 de uma vez! Agora só tem 2. Já perdemos 2 cachorrinhos do coração, que morreram bem velhinhos. Qdo eles se vão a gente jura que nunca mais terá outros para não sofrer, mas não aguentamos!!
Quando morreu o petit, um salsichinha muito esperto, foi qdo mais sofremos pois ele ficava dentro de casa ao nosso lado! Depois veio a Mel, uma york que é uma louca!!!
O outro que se foi é o Leão, um fila, que deixou sozinho seu companheiro Tobias, um dogo argentino carente que só ele!!!
É tnao incrível como cada um tem sua personalidade, né? E deixam saudade!
Meu pai me coloca até para falar no telefone com a Mel! É mto engraçado!!
Bjos!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...