NOVENA DAS ROSAS de SANTA TERESINHA

Sendo filha de um Francisco e de uma Terezinha de Jesus logo me vi devota a esses dois santos (São Francisco e Stª Teresinha do Menino Jesus), além de Stº Antônio que era o Santo a qual minha mãe católica era devota.

Fui batizada do catolicismo ainda bebê - coisa que os evangélicos dizem que não se deve fazer, que pessoa deve ter consciência de um batismo, que o batismo é a remissão dos pecados -, mas eu não vejo dessa forma. Para mim, o batismo católico nada mais é que a apresentação da criança a Deus, ao filho de Deus e ao Espírito Santo. Porque quando uma criança nasce Deus sabe da existência dela, mas a partir do batismo Ele passa a conhecê-la e a proteje-la com todo amor que pode.

Na adolescência, quando minha mãe faleceu, me vi enveredando no Espiritismo Kardecista, procurando um consolo para aquilo tudo. Na vida adulta gostei de acompanhar o Evangelho como os Protestantes, a forma de como eles lêem a Bíblia e encontram nela refúgio e guia me entorpece, juntando isso tudo eu tenho uma relação íntima com Deus, com o meu Deus - independente de religião -. O Deus que tudo sabe, tudo vê e que muitas vezes não entendemos, mas, o mais importante disso tudo é que mesmo quando não entendemos Deus, mesmo quando não entendemos o rumo da vida saibas que Ele, mesmo assim, continua ao nosso lado, ao seu lado. Então tenha fé, tenha sua fé independente ela qual for, sendo para o bem; o bem você terá. E hoje eu passei toda a madrugada conversando com Ele, conversei com minha mãe - sim, a Dona Terezinha - e me veio na mente uma novena que ela fazia sempre que se sentia aflita. Que seja feita a Vossa Vontade, de qualquer forma.



NOVENA DAS ROSAS de SANTA TERESINHA:

Santíssima Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra e pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço pela (). Se for conforme a vossa santíssima vontade.

Ajudai minha fé e minha esperança, ó Santa Teresinha, cumprindo mais uma vez vossa promessa de que ninguém vos invocaria em vão, fazendo-me ganhar uma rosa, sinal de que alcançarei a graça pedida.


Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.
Como era no princípio, agora e sempre. Amém! (24 vezes)
Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós!
Ave-Maria (...) Pai Nosso (...)

Dia (9/9)

Saúde Z, saúde!

Já são 294 dias (intra-uterinos) e 2 dias (aqui fora) te amando.
Mas, na verdade, parece que te amo desde sempre.
Desde que nem te conhecia...
Ê moleque, você veio pra mudar, revolucionar,
mas tudo com amor e calma. Confio em vc, confio em vcs...
O mundo nunca esteve assim antes...
Só ficou assim - único - depois que vc chegou
Z.
Amor Tia Bi.


COMO SÃO FEITOS OS MENINOS

Junte duas colheres de sorriso com duas xícaras de gargalhada. Vá mexendo e acrescente cheiro de terra molhada misturada com cheiro de chiclete de bola. Acrescente ainda muito chocolate, um pouco de castelinhos de areia, três pirulitos de uva e um caminhãozinho de imaginação.

Deixe descansar em baixo de um pé de manga e junte aos poucos a fidelidade de um cãozinho, a rapidez de um beija-flor, a esperteza de um golfinho. E, claro, não podem faltar todas as cores do arco-íris, uma caixinha inteira de band-aids e uma bacia cheia de pipoca.

Não se esqueça de juntar a sabedoria de um monge, (claro, os meninos sempre sabem de tudo) com uma pitadinha de impaciência, uma dor de barriga passageira e muita, muita amizade, que deve ser acrescentada aos poucos, logo depois de um punhado de sonho e um prato fundo de criatividade.

Não podem ser esquecidos o pião, a pipa, a bicicleta e um par de chuteiras, pois meninos, não se tornam meninos de verdade sem estes ingredientes.

Por fim, junte o gostinho da vitória em uma final de campeonato, com a maravilhosa sensação de um abraço apertado

Pronto! Assim são feitos os meninos.

Parecem nascer com a missão de transformar a vida em uma grande aventura, de trazerem alegria para o mais triste dos corações e muita, muita esperança para nosso mundo.

Saúde Z, saúde!

Deus te guarde, te guie e proteja ontem,
hoje e sempre!


Dia lindo, dia lindo!!!
Zion train is coming our way...

Envio-lhe este convite
Com sublime satisfação
Tu és pessoa querida
Que bomba no meu coração

Espero que compareça
Dia vinte e oito, Domingão
Será bem mais divertido
Que o programa do Faustão

Vai rolar uma merenda
O tal do chá, sei não
Pra quem não dirige, garanto
Caipirinhas de lima-limão

A prenda você já sabe
FRALDAS ! pacotinho ou pacotão
Mônica , Pampers ou Johnson's
Pro conforto do bebezão =)

Lembrando que o nome do baby
É ZION, pronuncia-se "záion"
De origem Hebraica, denomina
O Sagrado Monte Sião

Simboliza a "Terra Prometida"
Para Judeus, Rastas , Cristãos
Independente de credos
Zion é "o puro de coração"

A escolha transcendeu
os limites da razão
Zion é um estado de espírito
Pra louvar em oração

♫ zioooon... ziooooon ♪

É isso, fica o convite
Perdoa esse pai babão
Que paga mico versado
De poeta Zen Noção

Poema lindo que o paiZão do Zion fez para o Chá de Fraldas dele.


Por Mama-ma: "Cá estou pronta para a entrega. Ninguém vai precisar nos ajudar nessa viagem de partida e de chegada. Você pode ouvir a calma e potente batida do meu coração. Então, prepara-se e dê o sinal! Venha na lua que te escolher e venha com vontade de nos ver, olhe para a luz!"

Tia Bi já é louca apaixonada por vc bebê.
Que dia mais lindo!!!

________________________

GENTE NASCEU!!! NASCEU!!! NASCEU O PURO DE CORAÇÃO!!!
CHEGOU ZION


Dia lindo, dia lindo!!!
♪ Zion train is coming our way... ♪
♪ I say fly away home to ZION, fly away home ♪


Cecília Meireles 4º Motivo da Rosa
- e com fotos da minha 2ª visita ao Instituto Ricarndo Brennand -

Não te aflijas com a pétala que voa:
também é ser, deixar de ser assim.

Rosas verá, só de cinzas franzida,
mortas, intactas pelo teu jardim.

Eu deixo aroma até nos meus espinhos
ao longe, o vento vai falando de mim.

E por perder-me é que vão me lembrando,
por desfolhar-me é que não tenho fim.


★ Instituto Ricαrdo Brennαnd ★


★ Instituto Ricαrdo Brennαnd ★


★ Instituto Ricαrdo Brennαnd ★


★ Instituto Ricαrdo Brennαnd ★


★ Instituto Ricαrdo Brennαnd ★


★ Instituto Ricαrdo Brennαnd ★


★ Instituto Ricαrdo Brennαnd ★


★ Instituto Ricαrdo Brennαnd ★


Agora, como a Serenata também de Cecília Meireles:

Permite que agora emudeça;
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.

Mas eu não estou com dor não, é que já são passam da 1hr da manhã e eu preciso emudecer, sabe? Dormir... Especialmente antes que Charles comece a roncar porque ai fica impossível de dormir mesmo. No próximo post coloco mais fotos e digo como foi tudo, além de que foi tudo muito perfeito!


E bem, finalmente vou contar como foi realmente o meu aniversário e como diz a Silvia — ❝...a partir de hoje começa um ano novinho só pra vc! Costumo dizer que aniversário é o nosso Réveillon porque é uma virada de ano especial só pra gente...❞ e que realmente seja, pois eu preciso de muita renovação em minha vida. Já comecei fazendo isso por mim mesma e estou gostando muito do resultado.

O engraçado é que eu não esperava muito desse aniversário devido os últimos acontecimentos na minha família e de eu estar correndo muito com minhas pesquisas e tals, talvez então, tenha sido por isso que ele se superou em todos os sentidos.

Para começar eu ganhei de Charles as minhas tão desejadas lentes de contato. Eu queria cor de mel, mas não realçou tanto daí a vendedora deu a idéia de eu provar a “Green Amazon” e foi paixão a primeira vista. Me senti aquelas morenaças de olhos verdes, adorei. E isso foi na segunda-feira, dia 03, antes do meu aniversário. No mesmo dia também Papai me deu um secador de cabelos novo ultra-mega-power potente que eu to até com medo de usar no meu tiquitin de cabelo :)

Mas como eu não estava muito a fim de festa as minhas opções, como eu já tinha citado antes, eram:

a) shopping com a família buscapé todinha e aproveitava pra comprar um vestido de malha frente única que eu estava louca pra ter - eu não tinha nenhum nesse modelo;
b) festinha aqui casa para os convidados de sempre - amigos & familia -, maaas eu não estava afim de ficar na cozinha e a única coisa que tinho para oferecer é a torta e uma garrafa de Fanta 2L e uma de Coca-cola 3L, ficava meio complicado... Mas sempre tem frios, vinhos e queijo, pra quem gosta aqui em casa e Nazilde - a cozinheira oficial daqui de casa - também poderia me salvar de um vexame fazendo uns comes & bebes extras;
c) ou um passeio turístico com Charles e Papai aqui em Recife mesmo, aonde eu poderia tirar muitas, muitas fotografias de paisagens. Isso sim seria bem o que eu...


E no fim foi bem uma mistura do item "b" e do "c" do, passando pelo "a" já que ganhei o vestido que queria de Papai na manhã do meu aniversário. E tenho dito, nem se eu tivesse ido comprar teria comprado exatamente esse vestido tão perfeito, tão perfeito que usei no meu aniversário mesmo. Meu Pai é ou não é o cara?!

Concluindo eu acordei ontem cheia de mimos, fiquei de namorico com Charles depois teve um almoço bem gostoso aqui em casa e logo em seguida minha Tia Ivanilde veio me ver – ela a irmã caçula do meu Pai e mãe do meu primo que foi assassinado no início de ano -. Por isso eu não quis fazer tanta festa, sabe? Não me sinto em clima pra isso. Mas ela fez questão de cantar parabéns pra mim e assim foi chegando à família toda e quando a vi estava todo mundo aqui.



Por volta das 15hrs eu Papai e Charles fomos ao meu tão querido passeio turístico, fomos visitar o Instituto Ricardo Brennand. E vcs não tem idéia de como esse lugar é perfeito, me senti em outro mundo... Não sei bem de onde veio a inspiração de um homem de criar um lugar com tamanha beleza como ele o fez.

Na minha vida, meu sucesso como empresário foi, em grande parte, fruto do apoio que sempre recebi da minha gente, dos meus colaboradores e da permanente companhia do meu Pai Antônio e do Tio Ricardo.

Assim, para resgatar parte do que de todos recebi, com desapego pelas coisas materiais e coragem indispensável para enfrentar os desafios, pude ver o nascimento desta obra, ao fincar, aqui, em São João da Várzea, terras de João Fernandes Vieira, as bases do Instituto Ricardo Brennand em homenagem ao meu Tio.

Deus quis que tivesse ao meu lado, Graça, mulher dedicada, que me deu oito filhos, companheiros do dia-a-dia, solidários com meus sonhos e que serão meus sucessores e responsáveis pela manutenção e conservação deste Patrimônio Cultural de Estudos Brasileiros, em terra do meu Pernambuco.

Como nos ensina o poeta português, quando...
Deus quer, o homem sonha, a obra nasce.

Um abraço, Ricardo Brennand.


Lá dentro existem várias áreas para se contemplar Museu de Armas Castelo São João foi criado pelo colecionador pernambucano Ricardo Brennand, que há mais de cinqüenta anos vem adquirindo obras de arte das mais diferentes procedências e épocas, cobrindo um espaço de tempo entre os séculos XV e XXI, com peças provenientes da Europa, Ásia, América e África.



Essas obras de arte estão reunidas em coleções de Pintura, brasileira e estrangeira, Armaria, Tapeçaria, Artes Decorativas, Escultura e Mobiliário. A Coleção de Esculturas é uma delícia a parte - vejam as fotos, todas que tirei lá -, a ala reúne um conjunto de objetos de vulto, relevos e estatuária, com destaque para as peças italianas, especialmente, do atelier Romanelli de Firenze, onde a arte neoclássica se perpetuou em réplicas das principais obras do barroco italiano,

como as de Gianbolonha, Bernini e outros artistas do cinquencentos.

Na coleção do IRB, o percurso da escultura francesa e italiana vai do século XV até o XIX; influências do neoclássico, com destaque para as peças em mármore branco, intitulada Fulga de Pompéia, datada de 1868, de autoria de Giovanni Maria Benzoni 1809-1873 e o Rápto da Sabina, de Francesco Zerri, executado na Societá Fiorentina de Sculture Artistiche em Firenze.



A Coleção de Artes Visuais, reunida segundo a técnica de pintura em suas diferentes composições, artes gráficas, incluindo-se gravuras e mapas, de autoria de pintores brasileiros e estrangeiros. Faz parte da coleção IRB, um conjunto de Brasiliana predominando a iconografia pernambucana de Bauch, cromolitigrafias de Schillapriz e Crals, desenhos de viajantes europeus como Rugendas e Debret que documentaram a paisagem do Rio de Janeiro.

Encontramos ainda obras de artistas da escola francesa do século XIX, chamada Orientalista, pelos temas orientais retratando em cenas de dançarinas e alcovas e dela fazem parte pintores como Edouard Richiter (1844-1913), Delphin Enjolras (1857-1945) Gastón Guédy, Willianm Bouguereau (1825-1905).
As pinturas de gênero européias, com temática inspirada em armas ou ambientes palacianos do século XVI, XVII e XVIII, foram retratadas por Enrique Lopez Martinez, pintor espanhol da Escola Especial de Pintura, Escultura e Gravura de Madrid, e Alexandre Desgoff (1830 -?) pintor francês da escola de Barbizon pintou a coleção de armas de Sir Richard Walace na Inglaterra.



Meu novo mantra é: ❝chega terça-feira, chega terça-feira...❞, porque na próxima terça eu irei rever todas essas belezas de novo. Não posso nem me conter de tanta euforia.


É, não posso negar que de emoções esse dia foi forte. Começou com uma ligação da Fábia a meia-noite em ponto, depois seguido de muit beijinhos do meu Brotinho Charles e quando me dei conta o dia amanheceu.

Hoje eu acordei exatamente na mesma hora que nasci - a 29 anos atrás -, as oito e pouca da manhã. Pensei na minha mãe biológica pela primeira vez, em todos esses aniversários - sim, eu sou filha adotiva -. Imaginei as dores de um parto normal que ela sentiu e em seguida ela deu o seu primeiro ato de amor pra mim, o primeiro que ganhei em minha vida: que foi ela me doar para a minha verdadeira família, os meus pais Francisco e Terezinha. Porque meu destino já estava traçado por Deus antes mesmo de eu nascer, a minha família me aguardava em outro lugar...

Depois continuei quietinha na cama, achando que vida mais aconchegante não pode existir. E comecei a agradecer, a agradecer a Deus, a minha mãe biológica e a aos meus pais, que me deram a oportunidade de viver a vida e me ensinaram a vivê-la com dignidade. Mas a eles não bastaria um simples obrigado. A vocês, que iluminaram os caminhos obscuros com afeto e dedicação para que eu os trilhasse sem medo e cheia de esperança, não bastaria um muito obrigado. A vocês, que se doaram inteiros e renunciaram aos seus próprios sonhos, para que, muitas vezes, eu pudesse realizar os meus não bastaria um muitíssimo obrigado. A vocês Francisco e Terezinha, pais por dom e essência, por opção e amor, não bastaria dizer, que não tenho palavras para agradecer tudo isso. Mas é o que acontece agora, quando procuro arduamente uma forma verbal de exprimir uma emoção ímpar. Uma emoção que jamais seria traduzida por palavras, mas sim, em sentimento: amo vocês (pra sempre) e eu tenho como missão nessa vida mostrar que vcs fizeram o certo, que criaram uma pessoa de bem, tanto é que a maior prova disso são os amigos que tenho na vida.

Obrigada Dani por nunca me esquecer e sempre lembrar dessa amiga sumida mas que também não te esquece nunca. A minha outra Dani tão querida que já é quase como irmã; obrigada por ser esse anjo aqui na Terra pra mim, vc sabe o porque e por tudo. A minha Gabas (eu de cabelo grande na foto, já tinha esquecido como era isso! Hahah :))) A essa mulher que eu queria ser, essa mãe que um dia quero aprender a ser igual, mas que sei que nunca vou ser, porque o mágico dela é issso, ela é única e apaixonante. Obrigada querida por estar em minha vida!

E lá vou eu, cruzando um oceano, um idioma e encontrando uma grande amiga em um lugar tão distante, mas que só mostra o quanto o nosso amor é intenso, a minha querida Nelly um merci beaucoup e um abraço bem brasileiro de gratidão por ter vc, minha menina com alma de gato manhoso, carinhoso e fiel – os meus prediletos -.

E jamais poderia esquecer de agradecer a minha gênia, aquela que dribla as leis da física – afinal, ela é Doutora nisso, não é?! – só isto justifica o meu anjinho em forma de moça, a Dona Talita do Felipe que consegue dar aula, ser dona de casa, amiga, me mandar msn no celular e ainda conseguir atualizar o flog. Poxa amiga me ensina... eu não consigo ser como vc.

Obrigada também a Anita, flor eu me emocionei demais com seu post, cuidado já sou uma mulher madura e não agüento mais tantas emoções... Mas que se for pra ser lágrimas, que sejam de alegria mesmo, não é?!

E por fim, e não no fim, porque meu carinho por essa família não tem tamanho ou medidas, eu amo, sinto suas dores e choro suas alegrias de mãos dadas eu venho agradecer a Carla pela sua amizade, acima de tudo. E bem amiga, não se esqueça que eu pedi a receita de como se fazer meninas, viu?! Porque próximo ano acredito que seja ‘o ano’, se Deus quiser e me abençoar serei mãe, se vier menina eu aprendi a receita, se vier menino eu continuo tentando... Tentar é o melhor da festa mesmo :)

O-B-R-I-G-A-D-A a todos pelas mais de 150 mensagens no Orkut, Facebook e Blogger - minhas delicinhas Yara, Priscila, Maíra, Carmine, Aninha, Katleen, Ana, Cláudia, Márcia, Dani, Nara, Aninha & Meus 4 lindos, que a cada post enchem mais um pouco a taça da minha vida da melhor coisa que existe: a vida! - E obrigada também a todos que simplesmente passam por aqui. É... O que vale na vida é quem vc tem nela, com certeza! E graças a Deus eu estou muito bem acompanhada.

São ou não são Detalhes de Uma Vida Abençoada?!
Deixo vocês com algumas fotos do meu dia e no próximo post conto como foi tudo, foi bem uma mistura do item "b" e do "c" do post passado, passando pelo "a" já que ganhei o vestido que queria de Papai hoje pela manhã. E tenho dito, nem se eu tivesse ido comprar teria comprado exatamente esse vestido tão perfeito, tão perfeito que usei hoje mesmo. Vejam nas fotos!





Com todo o amor, Bi.



Amanhã - dentro de poucas horas, na verdade - eu completo 29 aninhos!!! Nem parece, né?! E só passei por aqui, rapidinho, pra mostrar o primeiro presente que Cha me deu... Repare direitinho na foto: o que tem de diferente em mim?! Hein?! Hein!?

Quem acertar ganha um brigadeiro ou pedacinho da minha torta amanhã. Ela é rosa e carmim e tem escrito "Parabéns", sugestivo, não?

Ah, também já ganhei um mega-power-secador de cabelos novo de Papai com direito a duas novas escovas e produtos maravilhosos também pro meu 'chanelzinho morderno'; e eu me dei seis novos brincos. Ainda me resta um pouco de ($$) - assassinei meu porquinho essa manhã - e vou avaliar direitinho o que fazer com a grana... Hum, acho vou comprar um vestido longuete floral, de malha, frente única parecido com esse aqui! Avaliação demorada, né?! Eu sou assim, quando decido, decido! Só não decidi o que fazer com o meu dia amanhã... As opções são:

a) shopping com a família buscapé todinho e aproveito pra ver o vestido - esse evento pode levar o dia inteiro -;
b) festinha aqui casa para os convidados de sempre - amigos & familia -, maaas eu não estou muito afim de ficar na cozinha e a única coisa que tenho para oferecer é a torta e uma garrafa de Fanta 2L e uma de Coca-cola 3L... Ah, e sempre tem frios, vinhos e queijo, pra quem gosta. Ah, e Nazilde - a cozinheira oficial daqui de casa - também pode me salvar de um vexame fazendo uns comes e bebes extras (bem pensado Fabíola!!!);
c) ou um passeio turístico com Charles aqui em Recife mesmo, aonde eu possa tirar muitas, muitas fotografias de paisagens. Isso sim seria bem o que eu queria, mas eu acho que vai chover amanhã aqui em Recife, pra não variar, então vamos ver no que vai dar...

Ah, e hoje a noite eu, Papai e Charles fomos assistir "Alice no Pais das Maravilhas", gostei e muito! Haviam muitas familias com crianças pequenas e o ponto alto do filme foi quando Stayne-Knave of Hearts pergunta para The Red Queen:

- Quem é essa garota? - se referindo a Alice.

A rainha não responde, maaas se escuta na sala do cinema a voz de uma menininha por volta dos seus três anos dizendo "...é a Alice, oras!!!" O riso foi geral!!!

E muito obrigada a todos pelo simples fato de existirem em minha vida, cada um de vcs que me escrevem, que me desejam felicidades ou que apenas só me visitam de vez em quando - ô, mas pode me escrever, eu não mordo tá?! -, mas de verdade: OBRIGADA!

Depressão é uma palavra freqüentemente usada para descrever nossos sentimentos. Todos se sentem "para baixo" de vez em quando, ou de alto astral às vezes e tais sentimentos são normais. A depressão, enquanto evento psiquiátrico é algo bastante diferente: é uma doença como outra qualquer que exige tratamento.

Muitas pessoas pensam estar ajudando um amigo deprimido ao incentivarem ou mesmo cobrarem tentativas de reagir, distrair-se, de se divertir para superar os sentimentos negativos. Os amigos que agem dessa forma fazem mais mal do que bem, são incompreensivos e talvez até egoístas. O amigo que realmente quer ajudar procura ouvir quem se sente deprimido e no máximo aconselhar ou procurar um profissional quando percebe que o amigo deprimido não está só triste.

Uma boa comparação que podemos fazer para esclarecer as diferenças conceituais entre a depressão psiquiátrica e a depressão normal seria comparar com a diferença que há entre clima e tempo. O clima de uma região ordena como ela prossegue ao longo do ano por anos a fio. O tempo é a pequena variação que ocorre para o clima da região em questão. O clima tropical exclui incidência de neve. O clima polar exclui dias propícios a banho de sol. Nos climas tropical e polar haverá dias mais quentes, mais frios, mais calmos ou com tempestades, mas tudo dentro de uma determinada faixa de variação. O clima é o estado de humor e o tempo as variações que existem dentro dessa faixa.

O paciente deprimido terá dias melhores ou piores assim como o não deprimido. Ambos terão suas tormentas e dias ensolarados, mas as tormentas de um, não se comparam às tormentas do outro, nem os dias de sol de um, se comparam com os dias de sol do outro. Existem semelhanças, mas a manifestação final é muito diferente. Uma pessoa no clima tropical ao ver uma foto de um dia de sol no pólo sul tem a impressão de que estava quente e que até se poderia tirar a roupa para se bronzear. Este tipo de engano é o mesmo que uma pessoa comete ao comparar as suas fases de baixo astral com a depressão psiquiátrica de um amigo. Ninguém sabe o que um deprimido sente, só ele mesmo e talvez quem tenha passado por isso. Nem o psiquiatra sabe: ele reconhece os sintomas e sabe tratar, mas isso não faz com que ele conheça os sentimentos e o sofrimento do seu paciente.

As causas de depressão são diversas, de maneira que somadas podem iniciar a doença. Deve-se a questões constitucionais da pessoa, com fatores genéticos e neuroquímicos (neurotransmissores cerebrais) somados a fatores ambientais, sociais e psicológicos, como:

[ ✖ ] Estresse
[ ✖ ] Acontecimentos vitais, tais como crises e separações conjugais, morte na família, climatério, crise da meia-idade, entre outros.

Os sintomas da depressão são muito variados, indo desde as sensações de tristeza, passando pelos pensamentos negativos até as alterações da sensação corporal como dores e enjôos. Contudo para se fazer o diagnóstico é necessário um grupo de sintomas centrais:

[ ✖ ] Perda de energia ou interesse
[ ✖ ] Humor deprimido
[ ✖ ] Dificuldade de concentração
[ ✖ ] Alterações do apetite e do sono
[ ✖ ] Lentificação das atividades físicas e mentais
[ ✖ ] Sentimento de pesar ou fracasso
[ ✖ ] Os sintomas corporais mais frequüentes são sensação de desconforto nos batimentos cardíacos, constipação, dores de cabeça, dificuldades digestivas. Períodos de melhoria e piora são comuns, o que cria a falsa impressão de que se está melhorando sozinho quando durante alguns dias o paciente sente-se bem. Geralmente tudo se passa gradualmente, não necessariamente com todos os sintomas simultâneos, aliás, é difícil ver todos os sintomas juntos. Até que se faça o diagnóstico praticamente todas as pessoas possuem explicações para o que está acontecendo com elas, julgando sempre ser um problema passageiro.

Outros sintomas que podem vir associados aos sintomas centrais são:

[ ✖ ] Pessimismo
[ ✖ ] Dificuldade de tomar decisões
[ ✖ ] Dificuldade para começar a fazer suas tarefas
[ ✖ ] Irritabilidade ou impaciência
[ ✖ ] Inquietação
[ ✖ ] Achar que não vale a pena viver; desejo de morrer
[ ✖ ] Chorar à-toa
[ ✖ ] Dificuldade para chorar
[ ✖ ] de que nunca vai melhorar, desesperança...
[ ✖ ] de terminar as coisas que começou
[ ✖ ] Sentimento de pena de si mesmo
[ ✖ ] Persistência de pensamentos negativos
[ ✖ ] Queixas freqüentes
[ ✖ ] Sentimentos de culpa injustificáveis
[ ✖ ] Boca ressecada, constipação, perda de peso e apetite, insônia, perda do desejo sexual

A causa exata da depressão permanece desconhecida. A explicação mais provavelmente correta é o desequilíbrio bioquímico dos neurônios responsáveis pelo controle do estado de humor. Esta afirmação baseia-se na comprovada eficácia dos antidepressivos. O fato de ser um desequilíbrio bioquímico não exclui tratamentos não farmacológicos. O uso continuado da palavra pode levar a pessoa a obter uma compensação bioquímica. Apesar disso nunca ter sido provado, o contrário também nunca foi.

Eventos desencadeantes são muito estudados e de fato encontra-se relação entre certos acontecimentos estressantes na vida das pessoas e o início de um episódio depressivo. Contudo tais eventos não podem ser responsabilizados pela manutenção da depressão. Na prática a maioria das pessoas que sofre um revés se recupera com o tempo. Se os reveses da vida causassem depressão todas as pessoas a eles submetidos estariam deprimidas e não é isto o que se observa. Os eventos estressantes provavelmente disparam a depressão nas pessoas predispostas, vulneráveis.

— Mas calma, muita calma e paciência nessa hora. Desde que minha mãe faleceu, há onze anos atrás, isso vem e volta, vai e volta, maaaas fazia tempo, acho que mais de um ano que eu não tinha uma crise dessas, mas ela vai embora... Elas vão passando, como todas as outras e eu!? Eu passarinho!


Ref. Bibliograf:

Liv 01 Liv 19 Liv 03 Liv 17 Liv 13 Eur. Psychiatry 2001; 16: 327-335
Relapse and Recurrence Prevention in Major Depression
JG storesum
J Psychiatry Res. 2000; 48: 493-500
Severe Depression is Associated with Markedly Reduced Heart Rate?
Phillis K Stein Psychiatry Research 2001; 104: 175-181
Symptoms of Atypical Depression
Michael Posternak


PS¹.: as coisas que estão em negrito são as que estou sentindo.
PS².: e eu nunca fui tão sincera e aberta sobre esse assunto aqui, na internet. Já fiz terapia, tratamentos e devo voltar a um caso as coisas não se ajustem, e é exatamente por isso que estou postando isso. Caso eu demore a aparecer, não se assustem, as coisas apenas estão se ajustando, de uma forma ou de outra.
PS³.: daqui há 3 dias é meu aniversário! As 08:40hrs do dia 04 de Maio de 2010 eu vou completar meus 29 anos. C'est la vie!!!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...